Acompanhe as novidades

Voltar

Rejuvenescimento: conheça os benefícios do Fio Russo

Publicado em 12/06/2019
Rejuvenescimento: conheça os benefícios do Fio Russo

Fio Russo é um procedimento realizado pelo cirurgião plástico com o objetivo de reduzir as marcas de envelhecimento como rugas e flacidez.

Tem sido utilizado com muito êxito por homens e mulheres que sonham com uma aparência mais jovem e menos cansada.

Por conta da eficácia para lidar com a flacidez, o Fio Russo também é utilizado para mama, para deixar os seios mais firmes; e no nariz, para corrigir pequenos incômodos.

Continue a leitura e entenda o que é o Fio Russo e quais são os benefícios e indicações. Vamos lá!

Fio Russo

Como funciona o Fio Russo

O procedimento é uma espécie de lifting que dispensa cirurgias e consiste em utilizar um fio de polipropileno com ganchinhos estrategicamente posicionados e que dão uma esticadinha naquela parte do rosto e do pescoço que possuem pele flácida.

O material é resistente, não provoca alergias e não deixa cicatriz.O comprimento do fio é variável e pode ir de 5 a 8,5 cm.

Para realizar o procedimento, o médico esteticista faz um pequeno corte na pele para inserir o fio, com o auxílio de uma agulha oca, colocando-o entre a pele e camada de gordura e vai puxando o fio para posicioná-lo, seguindo a direção necessária na pele. O tratamento pode ser feito sozinho ou associado a outras técnicas.

É possível perceber mudanças logo ao sair do consultório, mas o resultado propriamente dito se revela ao longo de 1 ou 2 meses, aproximadamente. Os efeitos são potencializados ao longo de 6 meses após o procedimento.

Fio Russo dispensa internação 

Tudo é realizado com anestesia local, na própria clínica, sem necessidade de se dirigir a um hospital. O tempo do implante dura cerca de 1 hora e deve ser realizado por um cirurgião.

Para quem o Fio Russo é indicado? 

O processo é indicado para pessoas que já ultrapassaram os 30 anos de idade e que começaram a sentir certa flacidez no rosto. Também é uma boa opção para pacientes que, por algum motivo, não possam se submeter a intervenções cirúrgicas, como pessoas com idade avançada ou diagnosticadas com diabetes.

Para realizar o procedimento, alguns exames são requisitados para saber que sua saúde não será prejudicada. As solicitações podem variar, principalmente se o paciente possuir alguma condição especial, como algum tipo de problema de saúde, por exemplo.

Os exames mais comuns exigidos para se fazer o Fio Russo são um exame clínico, um hemograma e exames de coagulação.

A duração do efeito depende do sistema biológico de cada pessoa. Existem casos de pessoas que realizaram o procedimento três vezes, em espaços de 2 a 5 anos, assim como pessoas que precisaram refazer depois de 6 meses.

O acompanhamento médico analisará a reação do seu corpo a todo o processo.

Durante os primeiros dias, o paciente precisa evitar falar ou rir muito, uma vez que isto força a musculatura do rosto ainda em recuperação, mas o tempo de repouso é curto e já se pode voltar às atividades comuns (como trabalhar) em 48 horas após a cirurgia.

Ainda tem alguma dúvida sobre o assunto ou possui interesse em realizar o procedimento cirúrgico? Entre em contato conosco e agende sua consulta para receber informações precisas e adaptadas a você. Nossa equipe está sempre pronta para te atender da forma mais eficiente possível.

 Entre em contato

 

Ainda tem dúvidas?

Envie sua dúvida para o Dr. Marcos Teixeira:

* campos obrigatórios
×

Ligamos para você

Preencha os dados abaixo e entraremos em contato o mais breve possível.

* campos obrigatórios
×

Orçamento rápido

Preencha os dados abaixo e entraremos em contato o mais breve possível.

* campos obrigatórios
×